Grande parte do investimento das nossas empresas ocorre em países em que o índice de perceção da corrupção é elevado (e) muitas têm descurado a gestão dos riscos de corrupção.

O que é a corrupção? Cada vez mais, todos nós ouvimos este termo de forma recorrente, mas será que percebemos o seu significado? Será que a internacionalização pode aumentar o risco de corrupção a que uma empresa nacional está exposta? Será que percebemos as reais consequências, para uma empresa, de estar envolvida em situações de corrupção?

Continuar a ler em > online