O secretário-geral do PS anunciou hoje que o programa dos socialistas vai prever a obrigatoriedade de existência de auditores do Ministério Público nos ministérios diretamente relacionados com o setor das obras públicas para prevenção da corrupção. Esta medida foi anunciada por António Costa na apresentação do projeto de programa eleitoral do PS, documento que será aprovado em definitivo a 5 e 6 de junho, durante uma Convenção Nacional deste partido. “É necessário reforçar a prevenção da corrupção no setor das obras públicas. Por isso, restabeleceremos a existência nos ministérios fundamentais dos auditores – função exercida por magistrados do Ministério Público”, declarou o líder socialista. Notícias ao Minuto